Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do ES

Últimas Notícias

Com foco no combate à corrupção, Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias capacita policiais no ES

A abertura da capacitação ocorreu na última segunda-feira (29) com palestra do secretário Nacional de Segurança Pública

 Brasília, 30/07/2019 – O estado do Espírito Santo recebe, até sexta-feira (02), as palestras de capacitação do Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias (PFPJ), iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública por meio  da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Na abertura do curso para os 50 policiais civis participantes, ocorrida na segunda-feira (29), o secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, ministrou palestra abordando a importância do PFPJ no propósito de combater a corrupção.

De acordo com o titular da Senasp, o PFPJ alia-se ao combate à corrupção, umas das diretrizes de gestão do MSJP.

“O ministro Moro estabeleceu, por meio de portaria recente, um dos critérios de rateio para repasse de recurso do Fundo Nacional de Segurança Pública seja a implantação das delegacias de combate à corrupção. De maneira geral, o Ministério está todo muito empenhado nesse propósito. E, a cada vez que participo do PFPJ, vejo a força que este projeto tem para mudar a realidade das polícias civis do Brasil através dessa significativa capacitação que, com toda certeza, ajudará no combate à corrupção sistêmica e na resolução de crimes”, explicou.

O idealizador do projeto e diretor de Ensino e Estatística da Senasp, delegado Jorge Pontes, reforçou que o PFPJ tem como objetivo resgatar a força e a importância das Polícias Judiciárias no país por meio do compartilhamento de experiências da Polícia Federal.

“Essa rodada com o tema Corrupção Sistêmica e Delinquência Institucionalizada traz uma amplitude dos últimos 20 anos de desenvolvimento institucional pelo qual a Polícia Federal passou. Nas capacitações aos policiais civis, transcorreremos a linha do tempo das grandes investigações e acreditamos que essa troca de saberes aperfeiçoará o trabalho investigativo da Polícia judiciária”, comenta.

Presente na solenidade, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo, Roberto Sá, destacou que o PFPJ vem para trazer bons resultados. “A cada estado pelo qual passa, o programa vem agregando experiência e muito conhecimento. E isso é o que fortalece as nossas instituições. Esse profissionalismo empregado nas polícias é o que colabora para minimização dos erros”, completou.

O delegado-geral de Polícia Civil do Espírito Santo, José Darcy Arruda, reiterou que a iniciativa, além de enriquecer o conhecimento dos policiais, coopera para uma maior prevenção e resolução dos crimes. “São as Polícias Judiciárias que têm esse condão de conduzir ao Ministério Público e ao Poder Judiciário o resultado das investigações. E isso é que vai levar ao juiz chegar a uma condenação ou uma absolvição”.

A solenidade de abertura, na capital Vitória, contou ainda com presença do superintendente da Polícia Federal do Estado, delegado Jairo Souza da Silva; do comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo, coronel Moacir Leonardo Barreto; do representante do 38º Batalhão de Infantaria; tenente-coronel Marcelo Alves; da presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do ES (Sindepes), delegada Ana Cecília de Almeida, além de palestrantes do curso e demais autoridades civis da região.

Após passar por Pernambuco, Pará e Espírito Santo, os próximos estados que receberão o PFPJ serão: Goiás e Paraná. Os cinco estados que estão recebendo as capacitações também fazem do projeto-piloto de enfrentamento à criminalidade violenta que terá como cidades participantes: Paulista (PE), Cariacica (ES), São José dos Pinhais (PR), Ananindeua (PA) e Goiânia (GO). O projeto será lançado, em breve, pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

WhatsApp Image 2019-07-30 at 17.30.42.jpeg

Agenda em Cariacica (ES)

Em Cariacica (ES), o secretário Nacional de Segurança Pública realizou visita de cortesia ao prefeito da cidade, Geraldo Luzia de Oliveira Junior. A cidade, distante cerca de 30 km da capital Vitória, é uma das cinco cidades do país selecionadas para receber as ações do projeto-piloto de enfrentamento à criminalidade violenta.

Em pauta, os gestores discutiram a fase de execução do projeto, prevista para agosto pelo MSJP, e comentaram sobre os benefícios que a iniciativa trará para o munícipio. O secretário Nacional destacou que será uma grande parceria entre União, Estado e Município. 

“Estou muito satisfeito em ver o empenho e o cuidado que todos, aqui de Cariacica e do Espírito Santo de maneira geral, estão tendo para a execução deste projeto, que tem como principal objetivo dar mais segurança para todos, investindo também em várias frentes socais. E nós queremos que a população veja a redução da violência”, explicou.

Na avaliação do prefeito Juninho, o projeto vem para o município em um momento muito propício. “Segurança Pública é uma coisa que não se faz só com polícia, só com força repressiva. E o governo Federal entendeu isso. Essa proposta de agora vem para contribuir com as polícias militar e civil, que já fazem um trabalho para diminuir os índices, e por que teremos a política social”, ponderou.

A visita contou ainda com passagem pela Central de Videomonitoramento de Cariacica, instalada no prédio da prefeitura, que opera atualmente com 116 câmeras. Através da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semsep), a Central trabalha para diminuir os índices de ocorrências policiais nas áreas monitoradas.

WhatsApp Image 2019-07-30 at 17.30.43.jpeg

Nossos Convênios